Pesquisar este blog

Carregando...

Seguidores

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Quaresma

A Quaresma é um período em que se relembra o período entra morte e a Ressurreição de Jesus Cristo ( Pai Oxalá).
Durante este período é Apropriado para penitência e meditação, através da prática do jejum, da esmola e da oração.
A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina na tarde da Quinta-feira Santa, antes da Celebração da Santa Ceia,quando foi instituida a Eucaristia e o Sacerdócio.
A quaresma é o tempo litúrgico de conversão,
É tempo para nos arrepender de nossos pecados e de mudar algo de nós para sermos melhores e poder viver mais próximos de Cristo.
A Quaresma dura 40 dias; começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos. Ao longo deste tempo, sobretudo na liturgia do domingo, fazemos um esforço para recuperar o ritmo e estilo de verdadeiros fiéis que devemos viver como filhos de Deus.
40 dias A duração da Quaresma está baseada no símbolo do número quarenta na Bíblia. Nesta, é falada dos quarenta dias do dilúvio, dos quarenta anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, dos quarenta dias de Moisés e de Elias na montanha, dos quarenta dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública.
Na Bíblia, o número quatro simboliza o universo material, seguido de zeros significa o tempo de nossa vida na terra, seguido de provações e dificuldades.

Vivendo a Quaresma

Durante este tempo especial de purificação, antes de tudo, a vida de oração, condição indispensável para o encontro com Deus.
Na oração, inicia um diálogo íntimo com o Senhor, deixa que a graça divina penetre em seu coração.
Arrependendo-se de seus pecados
Lutar para se mudar intimamente.
Jejuar.
-Os Jejuns de quaresma entram a Abdicação da Carne na quarta Feira de Cinzas e Todas as Sexta Feiras de sua Duração.

Umbanda e a Quaresma

A Quaresma é Onde Nossos Orixás e Guias de primeira Linha ou
Primeiro Escalão Param Para Avaliação do Ano Espiritual em Termino, è Também onde Traçam o Plano Espiritual para o Ano a Começar.

Antigamente os Terreiros Fechavam no Período de Quaresma,
Fechavam na Gira de Cinzas onde Os Filhos eram Cruzados Pelos Pretos Velhos Com Cinzas Afim de proteção Conta Fluidos Negativos e Maus Espíritos Neste Período.
E Só Reabriria na Sexta Feira Santa , Onde se iniciava a Vigília ,
Traçava-se um Cruzeiro no Chão com Pemba e o Contornava com Velas Brancas , Assim Velando o Cruzeiro e Rezando diversos Terços Até O Estouro de Aleluia.
O Conga era Fechado Com Cortinas Roxas ou Brancas os Santos Cobertos e Tudo Só Era Retirado após o Estouro de Aleluia.
No sábado de Aleluia ao Meio dia Os Pretos Velhos Faziam a Incorporação em seus Médiuns , Estouravam a Aleluia , e Faziam o Levantamento do Cruzeiro Velado
Estava Cumprida a Penitencia de Quaresma e os médiuns já Preparados Para a Ceia de Páscoa.

Obs: Neste Período Fechava-se a Casa Para a Caridade.

Porém Hoje Não Mais Conheço Terreiros que Façam Tal Ritual Por Completo.

Hoje Dentro da Quaresma os Terreiros dão Continuidade
À Caridade, ato Que Particularmente acho muito Bom,
Porem Não se pode Atuar Com:Orixás , Falangeiros , Capangueiros,
Caboclos,Pretos Velhos e Eres.
Más Podemos atuar Com as 2ª Linhas ou Linhas de Segundo Escalão
Como: Boiadeiros , Baianos , Marinheiros e Exus ( este ultimo não Muito Recomendado) Assim dando Continuidade á Caridade,
Porem sem se Esquecer de nos Redimirmos de Nossos Pecados e Falhas.

Obs: Nos Dois Casos Citados Faz-se na noite da Quinta Feira Santa (Quinta Feira Maior) Uma Oferenda aos Exus a Fim de Proteção Para o novo Ano Espiritual.

5 comentários:

Anônimo disse...

Essa questão da Quaresma é meio complicada, cada lugar trabalha de uma forma.
O texto é muito bem elaborado e esclarece.
Acho que por ser uma religião, relativamente, nova ainda não tem critérios muito bem definidos.
Vamos trabalhar para isso!
Parabéns!

UMBANDA CAMINHO DA FÉ disse...

OBRIGADO
AxÉ!

Sandro C.Mattos disse...

Nossa casa faz o último trabalho uma semana antes do carnaval, depois fecha no carnaval e durante a quaresma, voltando no Sábado de Aleluia.
Durante esse período o terreiro fica à disposição para as pessoas que queiram fazer suas preces, mas não existe ritual.
Seguimos a orientação da casa cujo meu pai foi consagrado sacerdote. A casa que fechou nos anos 80, durou por mais de 50 anos, ou seja, nasceu lá pelos anos 30. O sacerdote era um grande conhecedor e foi neto de escravos.
Mas voltando ao assunto: fechamos neste período por alguns motivos:

1-respeito às tradições e à casa que foi nossa raiz
2-descanço necessário aos médiuns, pois muitos pensam que médiuns são máquinas que não precisam descansar, mas não é essa a orientação que temos do astral. E aliás, muitos dos que falam de boca cheia que não devemos parar os trabalhos, fecham na festa de Iemanjá e só voltam na Festa de Oxóssi, o que dá mais de 40 dias de paralização.
3-entendemos que as energias do orbe fica alterada negativamente, devido às festas do carnaval, muito embora rambém entandamos que nos dias atuais, a anergia do planeta está complicada no ano inteiro, mas nesse período um pouco pior.
4-aproveitamos esse período para reformar a casa, pintando paredes, bancos, cerca, trocando cadeiras quebradas, preparando as aulas para os cursos que irão iniciar depois da quaresma com a reabertura dos trabalhos, etc.

Conversando com umbandistas mais velhos, ouvi que antigamente, nos anos 60 por exemplo, era a coisa mais difícil achar um terreiro que não fechava na quaresma. Alguns chegavam até e cobrir as imagens (como a igreja também fazia). Muita coisa foi mudando, principalmente porque foram surgindo casas que cobravam pelos atendimentos, e se fechassem durante esse período, levariam prejuízo na certa hehehe

Mas vem aqui uma das explicações do porque as casas (inclusive de nação) fecharem durante a quaresma: no Brasil colonia e até mesmo, depois da independência, que foi em 1982, os negros eram obrigados a seguir, mesmo que de forma forçada, a religião oficial do país, que na época era a Igreja Católica Apostólica Romana.
A igreja cobria suas imagens e fechava durante esse período, pois entravam em introspecção, nestes 40 dias que representavam o tempo em que Jesus ficou no deserto antes de voltar à Terra-Santa. Ocorre que os negros sincretizavam os seus Orixás com os Santos Católicos. Ora, se os brancos não cultuavam seus santos nesse período, os negros também não tinham como cultuar seus orixás. Com o tempo, isso virou tradição e mais tarde surgiram outras explicações, mais voltadas ao campo da energia, que falava da vibração do planeta.

Espero ter ajudado, dentro da minha humilde explicação.

Quero deixar laro que respeito a todos os outros pontos de vista.

ercy disse...

Gostaria de informar que estou seguindo vocês e postei uma colocação interessante da umbanda na quaresma no meu blog mas não coloquei os créditos.
Caso desejem que eu os coloque me informem que add imediatamente.
Agradeço antecipadamente e contem comigo...um abraço!!! motumbá

ercy

cazua da umbanda disse...

bacana o assunto sobre a quaresma, são poucos que falam sobre ela na Umbanda.
www.cazuadeumbanda.blogspot.com

Axé.